Banda

A História do Celebrare

Idealizada para ser o melhor conjunto de festas do Rio de Janeiro, a trajetória da Banda Celebrare começou em agosto de 1994 a partir de uma parceria entre os músicos Marco Manela e Edu Lissovsky, que tinham o projeto de montar uma banda cover, com um repertório voltado principalmente para os anos 70, mas que não deixasse de fora canções atuais.

Para a seleção e convite dos músicos, Marco e Edu usaram como critério a formação musical variável e influências, desde a MPB até clássicos do rock nacional e internacional, reunindo profissionais de talento inquestionável. Por sua vivência nos corredores da MPB, não foi difícil para Edu recrutar músicos com características adequadas à nova banda. A proposta inesperada de participar de uma banda de festas seduziu o baixista Emerson Mardhine, o guitarrista Claudio Gurgel, o flautista e saxofonista Mario Grigorowski e a tecladista Deborah Levy, que juntamente com o próprio Edu, na bateria, iriam compor a base rítmica e harmônica do Celebrare. A beleza, o charme e, principalmente, o talento incomparável dos vocalistas Sylvia de Galhardo, Lucia Perez e Fabio Mondego, que se juntaram a Marco Manela, deram o toque final a uma receita de sucesso.

Apesar de toda a determinação e profissionalismo com que se lançaram ao novo projeto, nem mesmo Marco ou Edu poderiam imaginar a rapidez com que o Celebrare conquistaria seu lugar no cenário musical. Numa das primeiras apresentações do grupo encontraram o empresário Ricardo Amaral, então proprietário do Metropolitan (atual Km de Vantagens Hall), que convidou a banda para abrir os shows de Barry White. A banda levantou a platéia! Com isso, o Celebrare foi novamente convidado para se apresentar no Metropolitan, desta vez abrindo o show da cantora Des’ree.

O grupo conquistou o empresário Ricardo Amaral, que abriu espaço para apresentação solo de uma banda que vinha conquistando seu público. Apesar da responsabilidade, o grupo subiu ao palco da Meca da noite carioca no dia 20 de Junho de 1998. Para surpresa de muitos e confirmação do previsto por outros, a apresentação do Celebrare reuniu um público superior a cinco mil pessoas que, como não poderia deixar de ser, se acabou na pista de dança. A partir disso, Celebrare foi convidado para apresentações em outras festas fechadas de empresas brasileiras e internacionais.

O primeiro CD “Hava Naguila” foi lançado em Julho de 1996 pela CID, composto basicamente por músicas judaicas com arranjos renovados e a cara dos anos 90. A escolha do repertório justificava-se pela enorme quantidade de festas em que a banda se apresentava para a comunidade judaica. O segundo CD “Dance Sem Parar” foi gravado ao vivo e lançado em Junho de 1998 também pela CID, tendo como base os sucessos dance dos anos 70 aos 90. A enorme aceitação da música “Hava Naguila” no CD anterior fez com que a banda a incluísse novamente neste segundo lançamento.

A trilogia “Pra Animar a Festa” (2000), “A Festa Continua” Ao Vivo (2002) e “A Festa Continua 2” Ao Vivo (2003) pela Deckdisc trouxe músicas executadas em shows mas que ainda não haviam sido gravadas, como “Dance Queen”, “Celebration”, “Your Song”, entre outras, além dos tradicionais covers dos anos 70.

Em 2001 e 2002, os cantores Lucia Perez e Fabio Mondego resolvem partir para seus projetos pessoais, passando a integrar a banda os vocalistas Fabiola Andrade e Ricardo Diniz.

Em 2005 lançam pela Indie Records e Digital Dreams o primeiro DVD, “Pra Dançar”. Gravado ao vivo em 2004 no Olimpo, trouxe novas versões para “How Deep Is Your Love”, “Livin’ La Vida Loca”, “Love Is In The Air”, “Night Fever”, “País Tropical”, “Taj Mahal”, entre outras. O álbum recebeu o prêmio DVD de Ouro, fato jamais alcançado por nenhuma outra banda cover no Brasil.

Em 2008 a Deckdisc lança o CD “O Melhor da Festa”, uma coletânea dos sucessos internacionais gravados pela banda ao vivo nos 2 CDs lançados pela gravadora anteriormente.

O DVD “Dance+”, gravado ao vivo no Canecão, chegou às lojas em 2009 contemplando grandes hits dos anos 1970-1990 em canções imortalizadas por nomes como Queen, Michael Jackson, Earth Wind and Fire, Roberta Kelly, Madonna, James Brown, Rita Lee e Tim Maia.

Em 2013 a Deckdisc lança uma compilação dos maiores sucessos do seu catálogo em formato digital, chamada “Fundamental – Celebrare”, incluindo o repertório dos CDs anteriores.

Em 2014 foi a vez do baterista Edu Lissovsky partir para seu projeto pessoal, quando Xande Figueiredo passa a integrar a banda.

Ainda em 2014 a Somlivre lança um box comemorativo, contendo 1 DVD e 3 CDs, um somente com sucessos internacionais, outro só de nacionais e o terceiro com músicas que faziam parte dos DVDs anteriores, mas ainda não tinham sido lançadas em CD. Foi a primeira vez que a Somlivre fez um projeto desse porte com uma banda cover.

Gravado no Vivo Rio em março de 2016, a Deck lança o DVD “Celebrare 20 anos”, comemorando as duas décadas de carreira da banda. O set list foi cuidadosamente pensado para incluir sucessos ainda não lançados em DVD. Com duas horas de duração dividido em 23 faixas, há sucessos como “The Time Of My Life”, “Footloose”, “Best Of My Love”, “Rock And Roll All Nite”, “O Último Romântico”, “Chega Mais”, entre outros. Há ainda a participação do saxofonista, cantor e compositor George Israel, amigo de longa data da banda, que cantou a música “Brasil” junto com Marco Manela, parceria de George com Cazuza e Nilo Romero.

Em julho de 2018 a banda lança no Vivo Rio um novo projeto, batizado de “Discotheque Celebrare”, fazendo uma releitura de sua própria trajetória, incluindo sucessos que já não faziam parte do repertório dos shows da banda há pelo menos uma década e apresentando os dois novos integrantes da banda: o tecladista Bruce Lemos e a cantora Sabrina Gouvea.

O Celebrare já se apresentou em praticamente todos os estados brasileiros, nas maiores casas de espetáculo como Canecão, Metropolitan, Vivo Rio e Citibank Hall, e realizou diversos shows no exterior, como por exemplo uma semana de shows em Punta Del Este no Uruguai e outra semana em Dubai nos Emirados Árabes. Com uma história de mais de 2.200 shows, para mais de 2,5 milhão de pessoas, (sem nunca ter deixado de fazer show em um mês sequer) e ter lançado 12 CDs e 3 DVDs, a Banda Celebrare é a mais conceituada Banda de Dance & Disco Music do país!